25-de-abril-mobile

Portes grátis a partir de 30€ para Portugal Continental.

O seu carrinho

Carrinho vazio

Precisa de ajuda? Ligue +351 229 983 280

topo-vinhos
cozeshermitagevidalfleury

0 pontos em 0 classificações

A sua classificação: 0

Crozes-Hermitage Vidal-Fleury Tinto 2020

Em stock

28,49 €

(37,99 € / Litro)

Produzido 100 por cento pela castas Syrah, é envelhecido parcialmente em barril e parcialmente em foudres antes de passar seis meses em garrafa. Está repleto de sabores a amora, groselha preta e ameixa, com um toque de doçura e um final longo e seco

Ano: 2020

País: França

Produtor: Vidal - Fleury

Teor Alcoólico: 13.0%

Capacidade: 750 ml

Corpo/Estilo: De ligeiro a médio corpo

0 pontos em 0 classificações

A sua classificação: 0

Histórico do Produtor

Produtor

Vidal - Fleury

vidalfleury

Produtor

Vidal - Fleury

Mais de 200 anos de paixão
Foi em 1781, na pequena comuna de Tupin-et-Semons, a sul de Lyon e no coração das mais prestigiadas vinhas do Rhône, que Joseph Vidal fundou a casa com o mesmo nome. Desde o início, adquiriu uma reputação internacional, graças, nomeadamente, ao comércio com a América. Thomas Jefferson, então embaixador dos Estados Unidos em França, visitou a propriedade em 1787.
Na década de 1890, Gustave Vidal casa-se com uma senhora Fleury e a Maison Vidal torna-se Maison Vidal-Fleury. Este casamento chegou na altura certa, pois o dote da noiva foi utilizado para replantar a vinha, que tinha acabado de ser devastada pela filoxera...
Depois de duas guerras, da escassez de mão de obra especializada e da plantação de hortas, a vinha foi considerada como estando à beira da morte, mas um punhado de homens teimosos, que acima de tudo amavam o vinho, fez renascer a vinha. Com a força da sua tenacidade e dos seus braços, restituíram às vinhas a sua antiga glória. Em meados do século XX, a Maison Vidal-Fleury tornou-se o porta-estandarte da Côte Rôtie.

Em 1984, passou a ser propriedade da família Guigal: um passo lógico para as duas famílias, Vidal-Fleury e Guigal, que sempre trabalharam juntas no negócio do vinho. Em 1924, Joseph Vidal-Fleury contratou Etienne Guigal como enólogo e mestre de adega, 

 

Saiba mais

Aviso! Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para uma melhor experiência de utilização.

Conheça as nossas Políticas de Privacidade e Cookies aqui.